Décima sétima Hora

06.09.2011 | Produção e voz: Luís Gaspar

Durante um pouco mais de uma hora, poderá ouvir poesia de Adélia Prado, Almada Negreiros, António Gedeão, Lobo Antunes (2 poemas), Eugénio de Andrade, Fernando Pessoa (8 poemas), Álvaro de Campos, Ferreira Gullar, George Brasens, Herberto Helder, Joaquim Pessoa, José Régio, Manuel António Pina e Manuel da Fonseca.

Décima sexta HORA

24.01.2011 | Produção e voz: Luís Gaspar

Em cerca de uma hora, exatamente 58 minutos, poderá ouvir poesia dos seguintes autores: Adolfo Casais Monteiro (cinco poemas), Al Berto (cinco poemas), Alfredo guisado (cinco poemas), Antero de Quental (cinco poemas), Natércia Freire (seis poemas), Olga Gonçalves (dois poemas) e Pedro Homem de Mello (cinco poemas).

Décima quinta HORA

25.09.2010 | Produção e voz: Luís Gaspar

Em cerca de uma hora, poderá ouvir a seguinte poesia:
Século de Ouro Espanhol I de autores anónimos (sec XVI e XVII), 5 poemas; David Mourão-Ferreira, 5 poemas; Florbela Espanca, 5 poemas; José Saramago, um excerto da sua obra; poesia hindu do sec X atribuída a Bilhana, 25 curtos poemas; Século de Ouro Espanhol II de autores anónimos (sec. XVI e XVII), 5 poemas

Décima Quarta HORA

04.08.2010 | Produção e voz: Luís Gaspar

Autores:
Adélia Prado (4 poemas), António Feijó (5 poemas). E.M de Melo e Castro (5 poemas), José Craveirinha (5 poemas), Luís de Camões (5 poemas), Luiza Neto Jorge (5 poemas), Manuela Nogueira (4 poemas) Mário-Henrique Leiria (5 poemas) e Olavo Bilac (5 poemas).

Décima Terceira HORA

07.05.2010 | Produção e voz: Luís Gaspar

Com os seguintes poetas: Affonso Romano, 1 poema, Alexandre O’Neill, 1 poema, Alvares Azevedo, 1 poema, Antero de Quental, 1 poema, António Botto, 5 poemas, Claudia Marczak, 1 poema, Ernesto Melo e Castro, 5 poemas, Gui de Maupassant, 1 texto, Gustave Flaubert, 1 texto, Jean Everaets, 3 poemas, Judith Teixeira, 5 poemas, Rosa Lobato Faria, 1 poema, Salvador Pliego, 1 poema e Vera Silva, 5 poemas.
Todos os poemas já apresentados em “Poesia Erótica”.

Décima Segunda HORA

14.04.2010 | Produção e voz: Luís Gaspar

Poesia de Fernando Pessoa e heterónimos.

Décima Primeira HORA

17.03.2010 | Produção e voz: Luís Gaspar

Poemas de António Franco Alexandre (5), António Nobre (3), António Salvado (4), Fernando Pinto do Amaral (5), Luiza Neto Jorge (3), Natália Correia (3), Rimances (2)

Décima HORA

01.12.2009 | Produção e voz: Luís Gaspar

Um pouco menos de uma hora com poesia erótica de António Salvado, Beatriz Barroso, Casimiro de Brito (5 poemas), Constança Lucas, Judith Teixeira (4 poemas), Luís Graça, Luís Pinto, 25 poemas da Índia, Rui Diniz e Otília Martel (5 poemas).

Nona HORA

17.10.2009 | Produção e voz: Luís Gaspar

Com um pouco mais de uma hora, a Nona HORA, inclui os seguintes poetas:
Armando Silva Carvalho (1 poema), Casimiro de Brito (2 poemas), Fiama Hasse Pais Brandão (5 poemas), Graça Pires (5 poemas), Herberto Helder (1 poema), Maria do Rosário Pedreira (5 poemas), Marquesa de Alorna (3 poemas) e Reinaldo Ferreira (5 poemas).

Oitava HORA

10.09.2009 | Produção e voz: Luís Gaspar

Com poemas de Maria Alberta Menéres (3 poemas), Alda Lara (3 poemas(, Alexandre O’Neill (2 poemas), António Maria Lisboa (4 poemas), Cesariny (2 poemas), Fernanda de Castro (5 poemas), Irene Lisboa (3 poemas) e Sidónio Muralha (4 poemas)

Sétima HORA

02.07.2009 | Produção e voz: Luís Gaspar

Durante pouco mais de uma hora, podem-se ouvir poemas dos seguintes autores: Albano Martins, Alberto Caeiro, Alda Lara, Alexandre O’Neill, Amadeu Baptista, Álvaro Magalhães, Amália Rodrigues, António Lobo Antunes, Ana Luísa Amaral, António Ramos Rosa, António Aleixo, Bocage, Carlos Queirós, Carlos Reis, Edmundo Bettencourt, Eugénio de Andrade, Fernando Assis Pacheco, Graça Moura, Herberto Helder, J.T. Parreira, Jorge Sousa Braga, José Gomes Ferreira, Judith Teixeira, Luís de Camões e Manuel da Fonseca.

Sexta HORA

16.05.2009 | Produção e voz: Luís Gaspar

“Compacto”, com cerca de uma hora, de autores lidos no programa Lugar aos Outros (do nº 22 ao nº 30): Saamantar Mohi, Joel da Sousa, Maria São Pedro, Maria Azenha (quatro poemas), Carlos Santos Bueno, Licínia Quitério (dois poemas), Cristina Miranda, Delfim Peixoto, Emanuel Madalena, Fernando Azevedo (dois poemas), Rui Diniz, Luís Cunha (dois poemas), Angela de Sousa (dois poemas), António Gouveia (dois poemas) Tiago Galveia (dois poemas) Ana Maria Costa (três poemas), Amita, Carlos Luanda (dois poemas) e Teresa Maria Rolão (dois poemas).

Quinta HORA

10.05.2009 | Produção e voz: Luís Gaspar

Neste “compacto” de poemas lidos no Estúdio Raposa, pode ouvir os seguintes autores:
Alberto Caeiro, António Botto, David Mourão-Ferrreira, Herberto Helder, Irene Lisboa, Herman Hesse, J.T. Parreira, Jaques Prevert, Jorge de Sena, Rogério Martins, António GEdeão, Camilo Pessanha, Carlos Oliveira, Cecília Meireles, Fernando Pessoa, Florbela Espanca, Graça Pires, Helder Moura Pereira, Jorge Sousa Braga, José Gomes Ferreira, José Luís Peixoto, José Régio, Judith Teixeira (2 poemas), Luís de Camões, Luís Graça, Miguel Torga, Millor Fernandes, Natércia Freire, Nuno Júdice, Rosa Lobato Faria, Ary dos Santos, Eugénio de Andrade, Guerra Junqueiro, João de Deus, Manuel Bandeira e Ramos Rosa.

Quarta HORA

17.04.2009 | Produção e voz: Luís Gaspar

“Hora QUATRO” que, como as anteriores, ultrapassa os 60 minutos. Podem ouvir-se 42 poemas de 31 autores, todos jovens como autores e alguns, jovens, também na idade, que participaram nos programas Lugar aos Outros do 1º ao 21º programa. Alguns já tinham publicado, outros vieram, entretanto, a publicar; poucos ainda esperam pela sua oportunidade.
Eis os seus nomes pela ordem em que vão ser ouvidos:
Catarina Fernandes, Rui Diniz (4 poemas), Cristina Miranda, Margarida Luna de Carvalho, Alfredo Delgado (2 poemas), Fátima Marques, Mário João, Pedro Lucas, Menina Marota (pseudónimo de Otília Martel; três poemas), Ana Luísa (uma poeta de 9 anos), Padre Zé, Luís Pinto, Bernardo da Maia, Pedro Miroto, Victor Peres, Paulo Guimarães do Couto, Nielsen Barcelli, Fata Morgana, Diovvani Mendonça, Encandescente, Amita (2 poemas), Jayme Kopke (2 poemas) M. Andrews (2 poemas), Carlos Reis, Rita Pacheco, Fernando Gomes dos Santos, Ana Sofia Vistas, Rogério Martins, Carlos Peres Feio e Constança Lucas.
Autores que ainda não chegaram às estrelas mas que para lá caminham. O meu foi, apenas, um pequeno empurrão. 
Há muitos mais a caminho de outra Hora de Poesia.

Terceira HORA

14.04.2009 | Produção e voz: Luís Gaspar

Com um pouco mais de uma hora, temos novo “compacto” com os seguintes poetas:
Bernardim Ribeiro, Joaquim Pessoa, António Gedeão, Fernando Pessoa, Márcia Maia, Affonso Sant’Ana, Maria do Rosário Pedreira, Carlos Drummond de Andrade, Cíntia Barreto, Cesário Verde, Manuel da Fonseca, Judite de Carvalho,Maria Andressen (dois poemas), Fernando Pais do Amaral (três poemas), Mário Dionísio (seis poemas), Gonçalo M. Tavares, Quadras Populares e Adília Lopes (5 poemas).
Conto com o seu comentário.

Segunda HORA (Erótica)

29.03.2009 | Produção e voz: Luís Gaspar

Podem ouvir-se, pela seguinte ordem, poemas de:
Três Marias (Novas cartas portuguesas), Abu Novas, Bíblia (Cânticos dos Cânticos), David Mourão-Ferreira, Maria Teresa Horta, Carlos Drummond de Andrade, Manuela Amaral, Carlos Drummond de Andrade (de novo), Natália Correira, David Mourão-Ferreira (de novo), Antero de Quental e Ovídeo.
Esta “hora” tem mais alguns minutos. Tratando-se de poesia, nunca é demais. Boa audição. Comente. Tem, aí, do lado direito, um espaço de comentários. Clique em “Horas de Poesia”. Depois, é só deixar a sua opinião.

Primeira HORA

20.03.2009 | Produção e voz: Luís Gaspar

Durante esta hora (um pouco mais) poderão ouvir poesia dos seguintes autores, indicados por ordem de apresentação:
Alberto Caeiro, Al Berto, Álvaro Magalhães, Carlos Drummond de Andrade, Chico Buarque, Guerra Junqueiro, Herberto Helder, José Jorge Letria, José Régio, Judith Teixeira, Luís de Camões, Mário de Sá Carneiro, Miguel Torga, Otília Martel, Paulo Afonso, Ruy Belo, Ruy Cinatti, Augusto Gil (poema, por lapso, repetido), Berthold Brecht, Camilo Pessanha, Rei D. Diniz, Dâmaso Afonso e Eugénio de Andrade.
A escolha destes poetas e dos poemas não obedece a qualquer critério. A sua escolha é totalmente aleatória.
Futuras “Horas” poderão seguir o mesmo critério ou outro.
Deixe o seu comentário ou sugestões sobre esta nova categoria do Estúdio Raposa. Encontra do lado direito desta página o link para enviar a sua opinião.

Olá, caro visitante!

19.03.2009 | Produção e voz: Luís Gaspar

Ah, clicou no Horas de Poesia! Para já, para já, o meu obrigado. Passo a explicar o que vem a ser isto de “Horas de Poesia”:
Alguns ouvinte referiram-me o incómodo que sentem quando querem ouvir poesia enquanto trabalham, ou sonham, ou descansam, ou…
Têm de clicar para mudar de programa para programa, têm de ouvir biografias e mais biografias, que já conhecem, têm de ouvir os meus pobres comentários, etc., quando queriam, apenas, ouvir poesia. Ora bem, respondendo a esses raparos, aqui temos o “Horas de Poesia”.
Agora, nesta categoria, não tem mais do clicar na Primeira Hora, na Segunda Hora e por aí fora, à medida que forem disponibilizadas. Um clique por hora não faz mal a ninguém, sobretudo quando, cada clique, dá direito a uma hora de poesia! Uma espécie de “Rádio Poesia”.
Espero ter disponível, rapidamente, a primeira Hora.