Mário Castrim – “Ana e António”

16.12.2014 | Produção e voz: Luís Gaspar

mesa_vazia14

A Ana e o António trabalhavam
na mesma empresa.
Agora foram ambos despedidos.
Lá em casa, o silêncio sentou-se
em todas as cadeiras
em volta da mesa vazia.

“Neo-Realismo!” dirão os estetas
para quem ser despedido é o preço do progresso.

Os estetas, esses, nunca
serão despedidos.

Ou julgam isso, ou julgam isso.

facebooktwittermailby feather