Arquivos do Blogue

Ernesto Cardenal Martínez nasceu em 20 de janeiro de 1925 em Granada na Nicarágua.
Poeta e sacerdote nicaraguense, dissidente sandinista e considerado um dos mais importantes poetas vivos da América Latina.
Foi ordenado padre em 1965 e em 1979, com a chegada dos sandinistas ao poder, integrou a Junta de Governo como ministro de Cultura. Seis anos depois, em 1985, foi suspenso “ad divinis” pelo Vaticano, que considerou incompatível a sua missão sacerdotal com o seu novo cargo político.

Cardenal Martinez – “Salmo do homem…”

Poetas