Nota biográfica

Joseph Brodsky, pseudónimo de Iosif Aleksandrovich Brodsky (Leningrado, 24 de maio de 1940 — Nova Iorque, 28 de janeiro de 1996) foi um poeta. Nobel de Literatura de 1987.

Iosif Brodskii – “Anjo”

13.01.2012 | Produção e voz: Luís Gaspar

Há um anjo branco como algodão
que tem estado pendurado, até hoje, na despensa,
num cabide de metal. Graças a ele
nunca nada de mal, em todos estes anos,
me aconteceu — a mim ou, mais importante, à própria casa.
O raio é modesto, pode dizer se, mas a circunferência
está bem desenhada. Como não foram criados
à nossa imagem e semelhança
— são seres incorpóreos —, os anjos possuem
apenas cor e velocidade. Esta última permite lhes estar
em toda a parte. É por isso que ainda estás
comigo. As asas e as correias dos ombros
não precisam de um tronco para funcionar,
nem para apreciar o anonimato ou deixar que o corpo
expanda de felicidade o seu diâmetro algures na amena
Califórnia.