Nota biográfica

Onde repousam os poemas cujos autores se desconhecem, eu desconheço ou poetas que não querem dar a cara. Desfaça os mistérios, por favor, se puder.

O soneto das cadeiras

30.05.2012 | Produção e voz: Luís Gaspar

Eles deixam o Governo e entram nos Bancos.
Eles deixam os Bancos e entram no Governo.
Eles deixam o Governo e entram nos Bancos.
Eles deixam os Bancos e entram no Governo.

Eles deixam o Governo e entram nos Bancos.
Eles deixam os Bancos e entram no Governo.
Eles deixam o Governo e entram nos Bancos.
Eles deixam os Bancos e entram no Governo.

Eles deixam o Governo e entram nos Bancos.
Eles deixam os Bancos e entram no Governo.
Eles deixam o Governo e entram nos Bancos.

Eles deixam os Bancos e entram no Governo.
Eles deixam o Governo e entram nos Bancos.
Eles saem, eles entram. Como na cama, um casal.

facebooktwittermailby feather