Nota biográfica

Anunciação Prudente, poetisa Moçambicana. (1948-1970)

Anunciação Prudente – “Malmequeres”

08.02.2016 | Produção e voz: Luís Gaspar

malmequer

Desfolhei um doirado malmequer,
Ao qual pedi de todo o coração
Que me dissesse ao certo: — Sim ou Não;
Se a quem adoro, mal ou bem me quer!…

Desfolhei o segundo p’ra saber
Se eram os dois da mesma opinião,
Que sendo igual a minha petição,
Me fosse verdadeiro o seu par’cer.

A derradeira pétala caída,
Deixou-me fundamente entristecida
Por confirmar a minha Dor sem fim!…

Agora dize, Amor: — Qual tem razão?
É o segundo que me disse — Não,
Ou o primeiro que me disse — Sim?!…

facebooktwittermailby feather