Arquivos do Blogue

Al Berto, pseudónimo de Alberto Raposo Pidwell Tavares, (Coimbra, 11 de Janeiro de 1948 – Lisboa, 13 de Junho de 1997), poeta, pintor, editor e animador cultural português.

al berto – “Se um dia…” (Sem música)

al berto – “Incêndio”

Al Berto – “Escrevo-te”

Al Berto – “Se um Dia a Juventude Voltasse”

Al Berto – “E ao anoitecer”

Al Berto – “A Invisibilidade de Deus”

Al Berto – “Dizem que a paixão o conheceu”

Al Berto – “Há-de flutuar uma cidade”

Al Berto – “Vestígios”

Poetas