Arquivos do Blogue

Adília Lopes, pseudónimo literário de Maria José da Silva Viana Fidalgo de Oliveira, (Lisboa, 20 de Abril de 1960) é uma poetisa, cronista e tradutora portuguesa.
Filha de uma bióloga assistente de Botânica na Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa e de um professor do ensino secundário, Adília Lopes cursou Física na Universidade de Lisboa, licenciatura que abandonou, quase completa, devido a uma psicose esquizo-afectiva, doença da qual sempre falou abertamente, fosse na sua poesia, crónicas, conferências ou entrevistas a meios de comunicação social.

Adília Lopes – “Meteorológica” (para o José Bernardino)

Adília Lopes – “Memórias das infâncias.”

Adília Lopes – “Três poemas.”

Adília Lopes – “A sereia das pernas tortas.”

Adília Lopes – “Masturbação”

Poetas