072 – Manuel Sá Lopes

23.11.2007

O “Lugar aos Outros” tem apresentado, quase sempre, autores que escrevem uma poesia voltada para o amor, (feliz ou desastroso) deixando a rima e a estrutura clássica para outras aventuras. Raramente tenho lido a chamada poesia de raiz clássica e popular. Vamos hoje ouvir um autor que tem na rima uma das suas maiores preocupações: Manuel Sá Lopes , que usa o pseudónimo de Sal Ouro.

facebooktwittermailby feather
1919