Nota biográfica >>

Constança Lucas nasceu em Coimbra, em 1960. Passou a viver em São Paulo no fim da década de 1970, onde fez Licenciatura Plena em Artes Plásticas na FAAP - Fundação Armando Álvares Penteado e Pós-Graduação em Artes na ECA - Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo - USP. Fez diversos cursos de artes plásticas, literatura, fotografia e de história da arte, em museus e instituições culturais.

Constança Lucas – “Foi assim…”

10.01.2012

Foi assim que te disse adeus
nem sabias
numa tarde depois, numa tela
soube que teria de me despedir
não para sempre, apenas uma parte de mim
onde os amigos se sentem
mesmo a magoar dizem
não consegues
parte de ti ficou na primeira camada
as tintas que vieram cobriram-te
as horas não são as mesmas

Queria despedir-me sem mágoa
sem esta tristeza arrepiante
insistente em dar-se aos outros
antes em nada querer
hoje o cansaço está grande
tenho que te dizer tanta coisa
tenho que te dizer das cores
tenho que te dizer dos corpos
tenho que te dizer adeus

Voltarei a falar contigo
os dois seremos outros
e sim as horas serão mais parecidas
um outro abraço
de mundos em construção
deixados os receios nos bolsos
em continentes abraçados
tenho que te dizer as palavras
tenho que te dizer os novos caminhos
tenho que te dizer até já

facebooktwittermailby feather
20912091