Otília Martel – “Como dizer-te””

08.01.2012

Como dizer-te
que povoas
o meu sono
ao cair da noite,
quando o dia termina,
despertando sensações
há muito escondidas em mim.

Como dizer-te
que em sonhos
as tuas mãos afagam meus cabelos
e percorrem-me ondas de emoção.

Como dizer-te
que a tua voz
me possui, entrando
no meu ouvido, como seta
directa ao coração.

Como dizer-te
das sensações primeiras
coração aberto
sorriso franco
em sangue quente
que me inunda
e dá alento.

Como dizer-te
que és maré-alta
em noite de lua cheia.

Como dizer-te…

facebooktwittermailby feather
17361736