Erótica 16 – A Bunda – Drummond de Andrade

05.02.2008

Nos muitos sítios, na Internet, onde se pode encontrar poesia erótica é raro aquele que não oferece poemas de Carlos Drummond de Andrade.
Este próprio programa já foi desafiado a ler poesia erótica deste famoso poeta brasileiro. Calhou hoje, e com uma particularidade: serão lidos 4 poemas que Carlos Drummond de Andrade dedicou à…bunda.

facebooktwittermailby feather
429429