057 – Cesário Verde

01.09.2006

Tal como o “Lugar aos Outros” aqui temos o Palavras de Ouro chegadinho de duas semanas de férias, coisa rara cá pela casa, mas necessária depois de mais de 100 programas num ano. O Estúdio Raposa produziu, portanto, um programa em cada três dias e meio. Bonito, acho eu que, como o outro, tenho a mania de achar coisas, bonito, dizia, para quem desde a escrita à montagem passando pela locução, mata de uma penada, sete ofícios. E pronto, encerrado o período de auto-elogios, passemos ao programa de hoje que será totalmente preenchido com as palavras de ouro de um grande poeta: Cesário Verde.

facebooktwittermailby feather
221221