Nota biográfica >>

Fátima Fernandes - O gosto pelas Artes, e entre elas, a Poesia que desde muito pequena escreve, levou-a, em 2004 a entrar na blogosfera com o pseudónimo de Amita, onde a sua escrita se tornou conhecida e apreciada. Já publicou vários livros de poesia.

Fátima Fernandes – “Sob o azul da luz e o verde dos laços”

01.02.2013

(Poema dedicado à filha, grávida, de gémeos)

Mãe
Escuta a brisa que meu ventre abre
Na terra dos sonhos o canto das pequeninas coisas
De braços estendidos o enlevo do sorriso que as afaga
Aquele murmurejar de água soletrando o rio
Plácido

Mãe
Sente os dois mundos que em mim trago
Saboreando o néctar das coisas invisíveis e cândidas
Entre a música e a leveza da dança
No balanço certo das outonais cores
Em folhas irisadas e suaves

Seis meses, mãe, são caminhados
Na voz das pequeninas coisas
Sob o azul da luz e o verde dos laços

facebooktwittermailby feather
56255625