Nota biográfica

Luiza Neto Jorge (Lisboa, 1939 — Lisboa, 1989) foi uma tradutora e poetisa portuguesa.

Luiza Neto Jorge – “As casas vieram de noite”

16.01.2012 | Produção e voz: Luís Gaspar

As casas vieram de noite
De manhã são casas
À noite estendem os braços para o alto
fumegam vão partir

Fecham os olhos
percorrem grandes distâncias
como nuvens ou navios

As casas fluem de noite
sob a maré dos rios

São altamente mais dóceis
que as crianças
Dentro do estuque se fecham
pensativas

Tentam falar bem claro
no silêncio
com sua voz de telhas inclinadas

Facebooktwittermailby feather