Nota biográfica >>

Paula Raposo nasceu em Lisboa, em 1954. Chegou a frequentar a Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, mas Interrompeu os estudos para ir trabalhar num banco; trabalho que trocou em 1987, por um escritório de contabilidade. Concilia a sua carreira de escritora e poetisa com a actividade que continua a desenvolver nesse escritório.

Paula Raposo – “O Tempo Errado”

27.02.2012

Tanta palavra dita e redita
Esquecida e magoada
Falada no silêncio
Fechada no tempo
De não ser nada.
Palavras repetidas
Como se fossem verdade
Como se as quisesse ouvir
Só para que a minha voz
Ecoe e eu a escute
Para que as palavras
Sejam as da minha solidão
As da minha vontade
Aquelas que se entregam
Sem troca alguma.
Ditas e reditas
Enterradas no dia
Do tempo errado…

facebooktwittermailby feather
43444344