Nota biográfica >>

Paula Raposo nasceu em Lisboa, em 1954. Chegou a frequentar a Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, mas Interrompeu os estudos para ir trabalhar num banco; trabalho que trocou em 1987, por um escritório de contabilidade. Concilia a sua carreira de escritora e poetisa com a actividade que continua a desenvolver nesse escritório.

Paula Raposo – “Atrasos”

27.02.2012

Sempre olhavas o relógio
E as horas marcadas
Para estar em casa
Quando começava
A despir-me
Olhavas-me cobiçoso
E tocavas-me
Onde sabias
As horas ficavam para trás
(Mas nunca te atrasavas
Em casa)
Atrasavas-te só em mim
No reboliço
Em que deixávamos
Metade de nós

facebooktwittermailby feather
43484348