Nota biográfica >>

Fernando José Branco Pinto do Amaral (Lisboa, 12 de Maio de 1960) é um professor de Literatura e poeta português. Frequentou a Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, mas desistiu do curso em prol das letras. Licenciado em Línguas e Literaturas Modernas e doutorado em Literatura Românica, lecciona desde 1987 no Departamento de Literaturas Românicas da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa.

Fernando Pinto do Amaral – “Prisão”

15.01.2012

Aqui te sequestramos, meu amor:
ergues os braços, viras a cabeça
cada vez mais atenta – são dois olhos
onde começa o mundo.

Que ciência é a tua? Que magia
transforma a luz de cada lâmpada
no mais puro relâmpago?

É tão difícil encontrar saída,
uma linha de fuga para os gestos,
uma resposta digna desses gritos.

Ensina-me a romper todas as grades
do berço que te embala,
a abrir contigo as portas, decifrando
a matéria que é mais do que matéria,
a que chamamos corpo.

Aqui te sequestramos, com o amor
de quem sabe e não sabe e talvez
não tenha salvação.

Assim te sequestramos, assim estamos
também nós sequestrados desde sempre
no prazer e na dor,
à procura de um íman que nos fale;
de alguém para escutar o nosso antigo pranto;
de uma vez que nos cante às escuras
até adormecermos.

facebooktwittermailby feather
24852485