Nota biográfica >>

Beatriz Barroso - Nasceu em Luanda, mas as suas raízes vêm do Porto. Frequentou o Curso de Filosofia (incompleto) da Faculdade de Letras e terminou o Curso de Estudos Europeus. Tem uma vasta produção de poesia.

Beatriz Barroso – “A voz que me inventou”

12.02.2014

Se tu pudesses chegar aqui,
E resgatar do meu peito,
As palavras tristes,
Que ele silencia,
Far-te-ia de seguida um poema,

Belo,
Perfeito,
Feliz,
Porque me aliviaste a alma,
Do peso que nela eu trazia.

Ai, se tu pudesses chegar aqui, E
emprestar-me a tua voz, Eu
ousaria novas palavras,
Neologismo audaz eu tentaria,
Para recriar o sentimento, Que há
tanto tempo, eu tento, E que no
modo, eu já esqueci.

Ai, se tu chegasses agora,
Não morria a minha poesia.
Empresta-me a voz que a inventou,
Para que descubra a melhor prosa de que sou
capaz…

(Este poema foi dedicado)

facebooktwittermailby feather
61996199