Nota biográfica >>

António Forte Salvado (Castelo Branco, 20 de Fevereiro de 1936) é um poeta e escritor português. Além de ser autor de uma extensa obra poética, é também autor de ensaios e antologias, tendo sido a sua obra reconhecida várias vezes com prémios nacionais e internacionais.

António Salvado – “Anelo”

10.01.2012

Quem me dera ser o vento:
tu, nua, receberias
nos teus seios meu alento.

Ou ser rosa:
a cortarias, no teu peito a deporias
como adereço opulento.

facebooktwittermailby feather
20702070