Nota biográfica >>

Martim Codax (século XIII e inícios do XIV) foi um jogral galego. Pouco se conhece acerca da sua biografia, a começar pela sua origem. Acredita-se que seja oriundo do sul da Galiza, de Vigo ou da ilha de São Simão, em Redondela. Viveu entre a segunda metade do século XIII e o começo do século XIV.

Martin Codax – “Minha irmã”

09.05.2016

soares_coelho

Português moderno

Minha irmã formosa, vinde comigo
à igreja de Vigo, onde o mar é agitado
e miraremos as ondas.

Minha irmã formosa, vinde de bom grado
à igreja de Vigo, onde o mar é levantado
e miraremos as ondas.

À igreja de Vigo, onde o mar é agitado,
e virá aí, minha mãe, o meu amigo
e miraremos as ondas.

À igreja de Vigo, onde o mar é levantado
e virá aí, minha mãe, o meu amado
e miraremos as ondas.

Português antigo

Mia yrmana fremosa, treides comigo
a la igreja de Vig’, u é o mar salido
e miraremo-las ondas.

Mia yrmana fremosa, treides de grado
a la igreja de Vig’, u é o mar levado
e miraremo-las ondas.

A la ygreja de Vig’, u é o mar salido,
e verrá hy, mia madre , o meu amigo
e miraremo-las ondas.

A la ygreja de Vig’, u é o mar levado,
e verrá hy, mia madre, o meu amado
e miraremo-las ondas.

Este poema faz parte do iBook “Coletânea da Poesia Portuguesa – I Vol. Poesia Medieval”
disponível no iTunes.
Transcrição do Português antigo para o moderno de Deana Barroqueiro.

facebooktwittermailby feather
74707470