Leonardo Jorge Pereira e o seu Lugar aos Outros

22.01.2009

Fico lisonjeado e agradecido por ter meu trabalho veiculado no Estúdio Raposa, achei muitíssimo interessante as colocações sobre a palavra luau, em Brasília não há praia, mas os luaus eram realizados as margens do Lago Paranoá, ou à beira de uma cachoeira do cerrado, ou mesmo ao redor de uma fogueira. Reuniam-se amigos para tomar uns copos tocar alguns instrumentos, cantar e recitar poesia. Saudosos tempos, coisas da juventude brasiliense.

Gostei muito dos poemas escolhidos, os dois primeiros estão entre os meus favoritos, pode ser um sinal de que não são tão maus, já que eu não sou o único a gostar deles. Adorei vossa interpretação! Já encaminhei o endereço eletrônico do Estúdio para os amigos da minha lista de e-mail. Quanto ao ditado: “tardou mas arrecadou”, no Brasil não é usual, mas costumamos dizer algo semelhante “Tarda mais não falha”.

Grande abraço e mais uma vez parabéns pelo primoroso trabalho
L.J.P.

Facebooktwittermailby feather
684684