António Cruz sobre o seu “Lugar aos Outros 98”

05.01.2009

Meu querido amigo Luís Gaspar!

Que melhor forma de começar o ano poderia eu querer?
Ouvindo as minhas palavras na sua linda e inconfundível voz, na sua dicção “limpa” e cativante.
Muito obrigado por ter melhorado a minha poesia, por lhe ter emprestado a sua arte e a sua habilidade para a transformar em algo mais mágico.
Um grande abraço deste seu reconhecido do outro lado do mar.

E, para o que precisar, aqui estarei para colaborar consigo. Disponha sempre. E mande sempre notícias.
Se calhar vir à Madeira, por favor diga-me. Gostaria de conhecê-lo pessoalmente, e de abraçá-lo sinceramente.

António Barroso Cruz

Facebooktwittermailby feather
622622